Festival do Folclore – Homenagem a dona Maria Juliana

HOMENAGEM A D. MARIA JULIANA TEIXEIRA ÍCONE DA CULTURA POPULAR DE CURUÇÁ

A Terra do Folclore, com seus personagens, reconhecendo as suas importâncias para o nosso município, faço aqui o registo da nossa querida Maria Juliana Teixeira, conhecida popularmente como “rabiola” – apelido que a mesma não gosta – mas que a tornou conhecida e “famosa“.

Maria Juliana é natural do povoado de Areia Branco, município de Igarapé-Açu, chegou em Curuçá – segundo ela – em 1970; desde então vem abrilhantando as festas juninas e é figura sempre presente no Festival do Folclore; tanto que foi chamada por mim “Rainha do Folclore“; e recebeu o troféu de reconhecimento, sendo homenageada na edição de número 40 no ano passado. Como lembrança guarda alguns outros troféus recebidos em edições anteriores.

Em 14 de maio de 2008 foi homenageada com o titulo de Honra ao Mérito, pela Câmara Municipal de Curuçá, sendo reconhecida sua importância para nosso município.

Nascida em 20 de julho de 1932 nossa personagem, está às vésperas de completar 85 anos, se diz pronta para mais um festival e preparada para as emoções que virão.

Maria Juliana Teixeira a “rabiola” é “Personalidade de Curuçá”.

Texto: Orlando Nunes.

COMPARTILHAR